Ondículas Astrológicas para o dia 20 de março de 2013.



Hoje as ondículas formam uma única e poderosa ondícula, coincidindo com o início da Estação do Outono/primavera, esse padrão de força é muito positiva para projetos que estão iniciando, pois podem ser utilizadas para dar um impulso na  constituição e fortalecimento, da mesma forma para os nascimentos de seres vivos. Essa superondícula afeta diretamente as pessoas nascidas nos dias 27 de janeiro, 18, 21 e 25 de fevereiro, 24,26 e 27 de março, 1º de abril, 1º, 16, 18, 23, 26 e 30 de maio, 17, 19, 25, 27, 28 e 30 de junho, 31 de julho, 22, 25 e 29 de agosto, 16, 18, 24, 26, 27 e 29 de setembro, 29 de outubro, 20, 23 e 27 de novembro, 15, 18, 23, 25 e 27 de dezembro além dessas serão afetadas, com menor força, as nascidas 4 dias antes e 4 dias depois dessas datas. Além de todas essas algumas pessoas nascidas com signo ascendente em Áries, Gêmeos, Câncer, Virgem, Escorpião, Sagitário, Capricórnio e Peixes tendem a serem afetados. 

O padrão favorável dessa superondícula tende unificar, amalgamar por meio das emoções, toda a força dos sonhos com a realidade, situações pequenas e grandes podem acontecer, e que elas poderão imediatamente materializar algo muito sonhado, tornando-o absolutamente real no plano físico, se o fato esperado, visualizado, planejado não for materializado hoje, pode ser que um elemento, grande ou pequeno, percebido ou não seja um, de muitos acontecimentos em cadeia que desembocarão no momento certo na materialização hoje esperada. De um jeito ou de outro é um dia para pensar grandiosamente, sentindo-se unificado com a vida, sabendo que você influencia seu destino, a realidade e que essa realidade lhe influencia. 

O aspecto desfavorável pode ocorrer por uma questão básica. Quando há um grande volume de energia por onde ela passa é necessário um suporte adequado, se não ela pode acabar sendo destrutiva. Muitas vezes pedimos, visualizamos, desejamos algo, alguém, uma situação, mas quando tudo é materializado não sabemos lidar com isso, alguns perdem a razão, pois tinha pouca fé em si mesmo, outros perdem a oportunidade, que nunca mais voltará nas mesmas condições. Um cavalo, selado, nunca passa duas vezes no mesmo lugar. Não o mesmo cavalo, com a mesma sela.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

OS PERIGOS DA LUA CHEIA

AMOR E SEXO: ARQUÉTIPOS ASTROLÓGICOS

O Poder e o Tempo.