De Olho

O Astrólogo NO MUNDO.

Free counters!

sexta-feira, 24 de julho de 2009

O OLHAR - Parte 2

Vamos aprofundar um pouco mais sobre o Olhar do ponto de vista astrológico. Assim os 12 grandes arquétipos zodiacais são divididos em 3 grupos de 4, formando 3 cruzes: a cruz cardinal, a cruz fixa e a cruz mutável.

A Cruz Cardinal é formada pelo signos Áries-Libra, que forma um eixo Fogo-Ar, e por Câncer-Capricórnio, que forma o eixo Água-Terra.

A Cruz Cardinal delineia um padrão de olhar que se caracteriza pela percepção de que tudo precisa começar a ser feito. Assim desse ângulo de olhar não importa tanto os idealismos aéreos e as demoras emocionais para se realizar algo, tem que agir e pronto, pois a ação indicará o ponto de chegada e quais as emoções a serem sentidas através do próprio ato de agir.

Porém cada cardinal começa do seu jeito, de acordo com seu padrão energético Elemental. Na percepção do cardinal de fogo, ascendente em Áries, o importante é jogar toda energia no primeiro momento, na sua perspectiva é melhor correr o risco de ganhar a guerra de primeira do que não ter outra oportunidade.

Diferentemente inicia o Cardinal do Ar, ascendente em Libra, que considera o melhor momento para agir, sua diplomacia é estratégia disfarçada, quando sentir que tudo está em harmonia ele considera que esse é o momento de agir.

Já a maneira de iniciar ações do Cardinal de Água, ascendente em Câncer, é sempre através de um impulso emocional, se está emocionalmente frágil ficará imóvel, na defensiva, sentido o ambiente e as pessoas ao redor, até sentir-se seguro para agir.

A ação do Cardinal de Terra, ascendente Capricórnio, é mais lenta, mas é mais certeira e eficaz, sempre espera que os outros ajam primeiro, pois assim saberá os pontos fracos e fortes, dosando sua ação de acordo com a situação que se apresenta.

Compreender, interiorizar e equilibrar as energias de cada eixo e da cruz cardinal no seu mapa e na sua vida, fará com que você desenvolva qualidades potenciais que você nem suspeitava possuir e fará de você uma pessoa que sabe agir no mundo.

Independente do seu signo ascendente todos temos cada um desses signos em determinada casa de nosso mapa, e você poderá aprender com cada um desses olhares, desenvolvendo a paz de espírito e poder de compreender melhor os outros e a si mesmo. Se todas as pessoas desenvolvessem a arte de saber olhar as situações sob diversos ângulos, principalmente sob o ângulo do outro com que se relacionam, a maioria dos conflitos não nasceriam e teríamos uma civilização mais avançada e mais evoluída.

segunda-feira, 13 de julho de 2009

O OLHAR - Parte 1

Uma frase muito conhecida diz "Os olhos são as portas da alma”. Literalmente ela está correta. Ao conjugar conhecimentos de iridologia e astrologia, talvez isso seja mais fácil de visualizar. Mas restringirei a uma análise astrológica para ser mais didático.

Na verdade cada olho é como um lado do mapa astral, partindo do pressuposto de que o ascendente delineia um astrotipo específico de ser humano que formata-se com outros padrões do mapa de nascimento, o olho é na verdade receptor e transmissor de padrões arquetípicos.

Como tal sua recepção e transmissão seguem padrões estabelecidos pelo seu mapa de nascimento, assim o olhar de um ascendente Ariano é completamente diferente do olhar do ascendente Taurino, cada ascendente percebe e envia padrões arquetípicos distintos para um mesmo evento.

É assim que numa família, o filho Guerreiro, ascendente em Áries, verá o pai sob o filtro de Capricórnio, em sua percepção os aspectos de Capricórnio e Saturno do pai se destacam, e ele percebe nuanças da personalidade do pai que ninguém mais percebe. Da mesma forma a filha de ascendente Libra verá o pai sob o filtro de Câncer, e perceberá o lado canceriano e da lua do pai que ninguém mais vê. Assim para o filho o pai é uma pessoa séria, sisuda que só pensa em trabalho, enquanto a filha o vê como um ser sensível que de tanta sensibilidade fecha-se e protege-se através de sua pseudo sisudez, mas o pai, um ascendente em sagitário não se vê nem de uma forma e nem de outra, na verdade ele não é nem um e nem outro, e é ao mesmo tempo ambas, ou seja, ele é momento onda, momento partícula, é a ondícula da física quântica.

O Ser Quântico, o Ser Integral é exatamente isso, a junção, a união das percepções que todos, inclusive o próprio Ser tem de si mesmo, e numa escala maior esse é o princípio ontológico da concepção de Deus.

Deus é exatamente a percepção que todos os seres do Universo têm Dele, e Ele de si próprio, assim Deus é a união do Deus da minha compreensão com o Deus da sua compreensão e do Deus da compreensão de todos, até dos que negam sua existência, pois não conseguem concebê-lo.

Ao Olhar para um outro Ser, nunca esqueça que você está contemplando o próprio Deus manifesto, limitado pelo olhar que ele faz da concepção de Deus e limitado pela sua percepção enquanto quem olha.

O Olhar é portanto a porta de entrada e de saída para a Alma e para a compressão de Si mesmo e de Deus, e a astrologia é arte-ciência que estuda a oftalmologia da alma.

Confira o Olhar do seu ascendente:
Áries, Touro, Gêmeos, Câncer, Leão, Virgem, Libra, Escorpião, Sagitário, Capricórnio, Aquário e Peixes.