NAMASTÊ : O DEUS DO MEU, DO SEU, DO NOSSO CORAÇÃO !

Os Hinduísta costumam cumprimentar seu próximo com a afirmação “Namastê” que significa literalmente “O Deus que habita em mim saúda o Deus que habita em você.”, na prática é uma saudação de irmandade como acontece em todas as religiões e ordens esotéricas, como entre os cristãos católicos, evangélicos, maçons e martinistas que chamam-se de irmãos ou entre os rosacruzes que chamam-se de frater ou sóror, que são simplesmente irmão e irmã em latim, com a finalidade de que compreendamos que todos temos uma mesma origem divina, mesmo que os mais fanáticos queiram se diferenciar, excluindo de sua irmandade aqueles que não a frequentam ou praticam.

Mas há um significado mais profundo que só é atingível pela interiorização e prática de seu verdadeiro significado. Quando conscientemente afirmo Namastê estou dizendo: “Que a luz divina que habita em mim ilumine seus caminhos e que a luz divina que habita em ti ilumine meus caminhos”, ou seja, que ao trocar energia contigo, ao dialogar contigo, tu sejas o meu mestre, o meu inspirador e me ilumine em meus pensamentos, palavras e ações obscuras, assim como espero poder iluminar teus pensamentos, palavras e ações obscuras que vierem de ti.

Essa prática de religiosidade e espiritualidade será à base da religião do futuro, uma religião sem templos de pedras, mas de templos de coração, uma religião sem líderes e liderados, fanatizadores e fanáticos, mas de líderes de si mesmos, uma religião que nem precisará ser chamada de religião, pois não haverá nada mais a religar, nasceremos ligados a espiritualidade da vida.

Uma religião que não precisará rotular seu deus de banqueiro que pede teu dinheiro, ou de general que pede para você ser soldado fanático do senhor dos exércitos, ou de corretor de imóveis do qual você precisa comprar seu terreno num elitizado céu hipotético ou para não ter que viver numa favela de um inferno também hipotético.

Uma religião onde Deus, não seja rebaixado em sua Onipotência pelo pseudo poderoso demônio; onde Deus não seja rebaixado em sua Onisciência por qualquer teólogo ou líder religioso que impõe sua visão de mundo, que exige, manipula e induz que sua percepção é a única correta e que o próprio Criador não pode desobedecer às leis dogmáticas de sua teologia humana; onde Deus não seja rebaixado de sua Onipresença, pela desesperança dos pobres e oprimidos, pelo desânimo do justo, pela tristeza dos inocentes, todas provocadas pela ignorância dos intelectuais, pela maldade dos perversos, pela ganância dos poderosos. Aos pobres, oprimidos, justos e inocentes, eu reacendo suas lembranças e aos ignorantes, perversos e gananciosos eu advirto que Deus está presente e atento a emissão de cada pensamento, palavra e ação, e as leis universais automaticamente darão a cada um segundo seu quinhão de responsabilidade na caótica situação em que estamos.

Enfim, a religião do futuro será uma religião onde Deus não estará no dinheiro, na fama ou no poder, não estará aqui e nem no além, mas sim em cada coração, será o Deus do meu, do seu, do nosso Coração! Namastê !

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

OS PERIGOS DA LUA CHEIA

AMOR E SEXO: ARQUÉTIPOS ASTROLÓGICOS

O Poder e o Tempo.