Postagens

Mostrando postagens de Março, 2009

O GALO DA MADRUGADA

Um dos primeiros conceitos que o neófito precisa aprender, na Senda, é o conceito de Luz.
Compreendendo como a Luz se manifesta no plano físico e como nos relacionamos com ela, podemos adquirir sabedoria para aplicá-la em nossa evolução pessoal.
Refletindo sobre uma analogia simples, se temos um compartimento em total escuridão, ao abrir uma saída é a luz que entra ou a escuridão que sai? Claro que a luz que entra, ninguém enxerga a escuridão se movendo. Logo a escuridão é a simples ausência da luz. Desse simples analogia podemos chegar numa conclusão fundamental no campo da espiritualidade, que a maioria das teologias tem deturpado. O mal, enquanto conceito de reino do inferno comandado por um demônio chefe, não existe. O mal é simplesmente a ausência da Luz, ausência do bem.
Quando encontramos uma civilização, sociedade, país ou cidade em decadência temos a ausência de conhecimento, ausência de bondade, ausência de seres de boa vontade, ausência de Luz. É por essa ra…

LUNAÇÃO MARÇO 2009

Lua Nova: 26 de março de 2009, 13h08. 07 graus em Áries.

Como na Lunação anterior a energia está concentrada, 100% sob a energia de Urano/Netuno, que estão em recepção mútua, ou seja, trocam energia instantaneamente, e ambos sendo Dispositores Finais da Lunação, isso quer dizer que recebem as energias de todos os outros planetas. Sendo assim as energias da Lunação estão concentradas em duas áreas, casa 8 e 9, no eixo perdas-ganho e no eixo aprendizagem-ensino.
Os assuntos centrais envolverão para alguns perdas, para outros ganhos; para uns aprendizagem, para outros ensino. Na lunação passada alertei sobre a presença de Plutão conjunto a Lilith, indicando que ações criminosas e de morte acontecerão por questões financeiras, sexuais e passionais, o que continua nessa lunação. Observei que os crimes sob essa influência aconteceram quando a lua passou por Plutão: dias 18, 19 e 20 de março. Observem as manchetes desses dias e verifiquem.
Também faz parte dessa influência o vir à tona de cri…

FELIZ ANO NOVO! NATUREZA.

Se você tem o costume de ouvir os mais velhos, é provável que já tenha notado o tom nostálgico de suas histórias, que enfatizam de como tudo era melhor, mais tranquilo, e de que hoje tudo é apressado, corrido, desesperado. Eles reclamam de uma certa perda do ritmo natural das coisas. E eles estão certos. A maior prova de descompasso do Ser Humano atual é essa perda do ritmo natural. Um coração fora do ritmo faz a pessoa morrer por arritmia. É disso que a Terra está morrendo.
O ano novo civil é uma arbitrariedade da lei dos homens.Foi inventado para fixar numa data precisa o fim e o começo. Perdeu-se a beleza da contemplação do relógio cósmico da vida, que a todo ano se auto-ajusta, para quem não sabe calcular tem pelo menos a surpresa, trocou-se tudo isso pela chatice da exatidão.
Todo dia 31 de dezembro, à meia noite é ano novo, "faça chuva ou faça sol", não acontece nada na natureza, apenas nas gavetas, nos papéis, a única razão é o fechamento contábil do ano civil. Balance…

SACERDÓCIO: O ÓCIO SAGRADO

No atual estágio evolutivo da Humanidade, os significados de duas palavras parece terem sidos perdidos: ócio e sagrado.
Numa sociedade onde o trabalho perde sua significância, de colocar à disposição do meu próximo, os meus dons, ou seja, de compartilhar minha luz com meu semelhante, reflexo de mim mesmo e da centelha de Deus que compartilhamos, e passa a ter um significado de simples sobrevivência física ou de fonte de recursos materiais, não é de se admirar que o seu oposto, ócio, seja colocado como significante de algo que deva ser evitado, escondido, pernicioso, feio, indesejado. Foi assim que ideólogos do capitalismo e do status quo dominante formataram frases como: “uma mente ociosa é oficina do diabo” ou relacionaram ócio com preguiça e colocada como pecado capital.
Na mesma linha ideológica o significado de sagrado foi perdendo pouco a pouco seu sentido maior de relacionamento com à espiritualidade do Ser com a centelha divina que nele habita para tornar-se simplesmente um termo…

APOCALIPSE NO TRIBUNAL: acusações a 2012

A tese do presente livro é que o ano 2012 será decisivo, talvez catastrófico, possivelmente revelador num grau nunca visto em toda a história humana.
1. As antigas profecias maias, baseadas em dois milênios de meticulosas observações astronômicas, indicam que 21/12/12 assinalará o começo de uma nova era, acompanhado, como todos os nascimentos, de sangue e agonia, mas também de esperança e promessa.
2. A partir dos anos 1940, e particularmente de 2003, o Sol vem se comportando de maneira mais tumultuária que em qualquer outra época desde o rápido aquecimento global consequente ao derretimento dos gelos na última Era Glacial, há 11 mil anos. Os físicos concordam em que a atividade solar atingirá o próximo pico, em níveis nunca antes registrados, no ano de 2012.
3. As tempestades no Sol relacionam-se ás tempestades na Terra. Em 2005, a grande onda dos furações Katrina, Rita e Wilma coincidiu com uma das semanas mais tormentosas da história conhecida do Sol.
4. O campo magnético da Terra, nos…

2012

Embora o Astrólogo pareça ser um livro de ficção, ele foi escrito com base numa visão muito nítida do que pode acontecer, e infelizmente ou felizmente a cada dia o quadro que se desenha caminha para o que está descrito nesse pequeno livro alerta. “O Planeta Terra tem um determinado nível espiritual, medido pelo grau de produção de energia amorosa, o que não impede de que nasçam no planeta seres de todos os níveis de desenvolvimento, porém o nível do planeta determina o tipo de Sistema Solar e de dimensão existencial.
No Sistema Solar em que estamos tem um Mecanismo, controlado pelo Sol, que se manifesta através do ciclo de manchas solares, esse ciclo gera um padrão que a cada determinado tempo inverte o magnetismo da Terra, são os cataclismas, os apocalipses previstos e relatos por todas as tradições.
O que ocorre é que temos o tempo entre um apocalipse ao outro para evoluir tanto tecnologicamente quanto espiritualmente, há um equilíbrio harmônico entre essas duas variáveis, se desenvol…