De Olho

O Astrólogo NO MUNDO.

Free counters!

quinta-feira, 31 de dezembro de 2009

A ASTROLOGIA DA TRANSFORMAÇÃO


A principal função da compreensão do próprio mapa astral numa perspectiva de instrumento de Iluminação Espiritual é a transformação do carma potencial trazido de outras encarnações, somado ao carma criado nessa encarnação, num dharma, compreendido como a Missão de Vida cumprida.

A astrologia pode ser interpretada em quatro níveis, em semelhança aos quatro mundos da Cabala: nível biológico (mundo de asiah ou da ação); nível sócio-cultural (mundo de yetsirah ou da formação); nível individual (mundo de beriah ou da criação) e nível transpessoal (mundo de aziluth ou da emanação).

O Sol nos quatro níveis significa: no nível biológico, o princípio da paternidade; no nível sócio-cultural, a busca por reconhecimento social,prestígio e poder; no nível individual, a busca da realização do potencial humano; no nível transpessoal, a vontade de relacionar-se com Deus, ou seja, o Deus Interior. É nesse último nível que os místicos se concentram, lembrando que só um astrólogo místico é capaz de compreender e aplicar os quatro níveis citados.

A lua representa a polaridade contrária ao sol, yang e yin, negativo e positivo, ego e Mestre Interior, no nível transpessoal ou espiritual no qual devemos utilizar a astrologia como caminho de transformação e de iluminação, precisamos tomar consciência e direcionar o poder do ego para a maior expressão do Mestre Interior, caso contrário nosso sol sempre estará eclipsado pela lua, projetando uma sombra, que pode ser permanente por toda uma vida ou só por um período, a conhecida Noite Negra da Alma. É desse conhecimento que podemos concluir que escolas ditas esotéricas que ensinam que deve-se eliminar o ego estão equivocadas.

Mercúrio que representa a inteligência, no nível espiritual representa a capacidade de repolarização do poder mental e da intelectualidade para o conhecimento direto através da meditação centrada no Mestre Interior. Para termos uma noção da importância de Mercúrio no nível espiritual vejamos a seguinte passagem “O centro místico de Mercúrio é o “lugar” onde a Rosa floresce no cerne de todas as crucificações significativamente vivenciadas no espírito de Cristo, de acordo com o simbolismo dos rosa-cruzes.” (Rudhyar, em Um Estudo Astrológico dos Complexos Psicológicos,p.70)

Vênus trabalhado no nível espiritual representa nossa capacidade de materializar ideais, arquétipos que descem através do canal aberto pelo simbolismo de Vênus espiritualizado para o campo da consciência, ou seja, “o “Nós galáctico”, o estado de pleroma de consciência, tem a permissão do individuo para concentrar-se, de um modo específico, através do “eu”, dele ou dela, para atender a uma certa necessidade humana ou planetária. Mas, dentro do “Nós”, o “eu” continua sendo arquetipicamente o que é. Ele permanece, mas numa condição transfigurada; a “forma” é mantida mas os “conteúdos” da forma são transubstanciados.” (A Astrologia da Transformação,p.159-160)

Marte é a capacidade e a força de vontade que o místico deve ter para continuar no caminho. É da meditação sobre Marte em nosso mapa que podemos despertar o poder de germinação da Rosa da Alma na Cruz da Vida, através do desejo de iluminação, transmutando de um Homem da Torrente alienante da vida para um Homem de Desejo. Numa outra obra intitulada “Tríptico Astrológico”, no capítulo A Estação de Marte: reenergização, Rudhyar coloca “Nesse estágio da Estrada iluminada o individuo deve agir; mas precisa agir em termos de novos propósitos, novos valores, e de uma nova compreensão do poder do espírito universal.”

Energizado por Marte, o individuo tem agora a tarefa de meditar sobre Júpiter e seus aspectos no seu mapa astral para atingir o nível espiritual da utilização dessa energia que impulsionará a descobrir sua verdadeira meta espiritual e a relação com a sociedade em que vive.

Traçada a meta através de Júpiter, o individuo terá de no fim dessa meta alcançar a consciência da sua relação com o Deus Interior, alcançando assim uma nova estrutura de vida espiritual, através da meditação em Saturno no seu mapa. “Em termos de simbolismo astrológico, a estrela, que ainda é para o homem na Estrada Iluminada um fato transcendental, é um foco ou uma lente através da qual o ser universal de Deus radia como luz e como poder.” (Tríptico astrológico,p.219)

Depois da fase de Saturno há um divisor de águas que determinará a fase final para uma Iniciação no plano espiritual através de Urano, Netuno e Plutão. “A primeira parte do processo que faz de um homem um Deus vivente se encerra com o estágio de Saturno da Estrada Iluminada; mas a segunda parte também começa.(...)Urano e Netuno estão relacionados aos processos místicos de transfiguração e transubstanciação; ao passo que em Plutão e no planeta além de Plutão encontramos símbolos para as últimas fases da gestação do ser-Cristo. O derradeiro evento é o nascimento propriamente dito, o “ingresso na” Companhia das Estrelas: a verdadeira Iniciação.” (Tríptico astrológico,p.222)

O primeiro passo dessa fase final é dado através da meditação em Urano e seus aspectos no mapa astral. Como citado acima Urano representa simbolicamente a fase de transfiguração. Essa meditação e todo o trabalho espiritual que precisa ser feito ocasionará desafios às estruturas do ego que gera a transfiguração.

Vencidas as provas de Urano o individuo estará pronto para meditar e incorporar os dons e desafios de Netuno, que no nível espiritual representa a “Nuvem do Ignorar” que envolveu os apóstolos no Monte da Transfiguração, e aqui estará o grande desafio de Netuno, pois como em todas as fases e testes a reprovação ou insucesso gera alguns dificuldades adicionais, e nesse caso a nuvem que desce pode confundir muitas mentes despreparadas,mas que para os vencedores o prêmio é o recebimento da Graça Divina: “No estágio netuniano da Estrada Iluminada o grande obstáculo a vencer é o medo do desconhecido. O viajante parece perdido; a Estrela no alto pode estar obscurecida por um leve nevoeiro capaz de confundir completamente.(...)Netuno é a substância do Espaço criativo(...) é a eucaristia, o Pão e o Vinho que dão a vida eterna_ àqueles que experimentaram dentro da alma a semente de Deus e que o medo não fez recuar da glória e da responsabilidade. Em todos os níveis ele é o poder curativo e mantenedor da integridade do todo(...)No nível do grande organismo espiritual que se pode chamar “Homem”, esse poder netuniano é a “Graça”(Charis)- enviada a toda alma que reconheceu e aceitou sua participação nas “obras do espírito” e sua comunhão, no corpo místico de Cristo, com tudo o que pertence ao espírito.” (Tríptico astrológico,p.231-234)

Ultrapassado as provas de Netuno o Adepto estará pronto para enfrentar A Grande Iniciação,a prova final neste plano, Plutão, para isso terá que descer ao seu próprio “inferno” e enfrentar seus próprios “demônios” e “morrer” para toda uma percepção de vida e de mundo. Plutão simboliza o poder catártico de libertação através do Poder do Espírito Santo, o que podemos notar em seus aspectos negativos pela passagem de Plutão em Sagitário(signo da religião) de 1995 até 2010, ampliando o número de religiões evangélicas pentecostais e o fanatismo em geral, mas que no final a reação coletiva poderá trazer os aspectos positivos.

É a utilização das energias de Plutão que pode levar qualquer tipo de Reintegração do ser, é através dessa energia que o Homem de Desejo pode transmutar para o Homem de Espírito, por isso Plutão é considerado na Cabala como o não-sefirah Daat, o espírito Santo, a Shehinah, a região invisível mais provável de encontrarmos a Presença Divina. “Esse individuo, tendo experimentado um novo sentido de identidade consciente (Saturno), uma nova liberação do poder celeste-espiritual (Urano) e o crescimento dentro de seu ser interior de um novo tipo de organização dinâmica-substancial (Netuno) está pronto para repudiar e abandonar por completo tudo quanto anteriormente esteve no lugar desses três novos fatores da existência – seu velho sentido de ser, seu velho tipo de energias condicionadas pela Terra(...)O individuo que experimenta deliberada e conscientemente a Crucificação simbólica “morre” para a “humanidade comum” dos homens terrenos (...)O que Plutão põe à prova é a capacidade em todo individuo de transferir seu sentido de identidade pessoal da esfera da objetividade terrena e das ligações biopsíquicas para aquela da atividade “celestial”- o reino onde, como Estrela, ele se vê uno em propósito e em ser com seus Companheiros, dentro de uma Constelação simbólica (uma “Fraternidade espiritual”)”. (Tríptico astrológico,p.242-245)

sexta-feira, 25 de dezembro de 2009

A ASTROLOGIA E A ILUMINAÇÃO


No Templo em Delfos está escrita a celebre frase, “Conhece-te a ti mesmo e conhecerás o universo e os deuses.”, durante todo o processo de estudo e dedicação aos estudos espirituais, que é um processo de auto-conhecimento e, portanto, de aspiração a uma iluminação espiritual, nos dedicamos à meditação e o despertar de nosso Eu Interior. A partir desse despertar nosso Mestre Interior vai nos guiando para a realização de nossa Missão ao mesmo tempo que somos instigados a continuar nossa aprendizagem, agora não só para dentro de nós mesmos, mas por estarmos mais preparados, também para fora, e podermos comparar o macro e micro.

É para os que despertaram seu Eu Interior e estão na busca da Iluminação espiritual que a astrologia parece ter maior significado como instrumento de auto-conhecimento e de compreensão dos acontecimentos coletivos que visam o desenvolvimento espiritual de toda a Humanidade.

O conhecimento da Astrologia Tradicional, como a maioria, foi deturpado por questões comerciais e ignorância mesmo, até o termo tradicional foi deturpado de tal forma que hoje significa, nos meios astrológicos, a astrologia de filosofia determinística e fatalista, longe do verdadeiro significado aqui colocado que quer dizer a astrologia ensinada no meio Tradicional, das Escolas de Mistérios, onde tiveram acesso todos os grandes iniciados da história da Humanidade.

A astrologia tradicional é a ciência que trata dos astros na vida individual e coletiva. Ela considera os corpos celestes como corpos vivos e seus agrupamentos, ou sistemas de planetas girando ao redor de um centro, como seres. Vimos, à luz das palavras de Louis-Claude de Saint-Martin e de Jacob Boehme, como é grande a influência que os astros exercem em nosso cotidiano. Além disso os ensinamentos do segundo grau da TOM nos indicam as interações existentes entre os planetas e as diferentes funções e partes do corpo humano. (...)Robert Fludd dedicou uma de suas obras à astrologia, com o título latino De Astrologia. Esse livro é apenas parte de uma das obras principais do filósofo: o Macrocosmo. O De Astrologia foi traduzido por Pierre Piobb, em 1907, com o título Tratado de Astrologia Geral. As páginas de introdução desse Tratado são particularmente interessantes porque corrobam as doutrinas das tradições rosacruz e martinista. (...)

As personalidades-alma inteiramente sujeitas às influências astrais podem receber tanto boas como más influências. Isso exprime o fato de que elas têm seus defeitos e suas qualidades, os quais procedem, respectivamente, dos pontos fracos e dos pontos fortes de seu mapa astral de nascimento.(...)

A astrologia tradicional entende os planetas, em suas posições e movimentos respectivos, como corpos celestes móveis que influenciam um dado tema astral, num dado momento e num dado lugar. Com relação a isso, quando corretamente interpretada e praticada, ela constitui uma ferramenta de conhecimento de primeira ordem, que Robert Fludd não hesita em qualificar de divinação.

Chegar a esse nível de maestria na arte astrológica não está ao alcance do comum dos mortais. O estudo da astrologia tradicional pode constituir um belíssimo projeto de longo prazo, que exigirá, sem dúvida, várias encarnações para o mestre nesta arte tornar-se útil aos seus semelhantes.(...) Sensibilizando-nos às influências planetárias e associando esse conhecimento a experiências práticas e invocações especiais, eles nos proporcionam ferramentas de purificação interior, de utilidade imediata para nossa saúde espiritual, psíquica e física. Essas ferramentas nos ajudam a captar na Imensidade celeste, onde predominam as influências dos círculos planetários, os benefícios espirituais que precisamos para atravessar esta Imensidade, e a elevar nossa consciência ao mundo supraceleste.” (O Pantáculo nº 13)

Há várias correntes modernas de astrologia, e algumas têm conseguido através da pesquisa resgatar a essência da Astrologia Tradicional no seu sentido de instrumento de busca espiritual de iluminação, entre esses pesquisadores que eram mais psicólogos do que astrólogos estão Carl Jung e Dane Rudhyar, este último desenvolveu a filosofia da astrologia humanista que também, segundo este autor acabou também perdendo rapidamente essa essência de busca espiritual, por isso ele resolveu com o aprofundamento de suas pesquisas denominar de astrologia transpessoal ou astrologia da transformação.

Esta tendência moderna da astrologia resgatou principalmente a visão holística da Astrologia Tradicional, que seria melhor ser colocada atualmente como Astrologia Primordial para evitar confusões. Dentro dessa visão holística de um mapa astral, uma primeira análise é feita do conjunto do simbolismo entre o signo ascendente, signo solar e signo lunar, pois esses três elementos representam à personalidade-alma, o Mestre Interior e o ego.

s de nascimentobastando saber o dia e o m signo ascendente em se ter uma idensinada no meio Tradicional, das Escolas de Mistral

O Ego, simbolizado pelo signo lunar, é o reflexo do grau de consciência que temos de nosso poder solar, é o que os outros percebem ou que deixamos que percebam sobre nós, é uma máscara que pode esconder ou proteger o Mestre Interior, que na maioria dos profanos eles mesmos não enxergam, e por isso que é desse signo lunar que primeiro precisamos tomar consciência. A meditação sobre o simbolismo do signo lunar e de todos os aspectos relacionados sobre ele no mapa astral do buscador permitirá o primeiro passo para uma alquimia espiritual.

O signo solar, é o Mestre Interior que não temos consciência enquanto estivermos nos subordinando as desejos do ego, aquela voz que ouvimos quando cedemos às tentações e aos desejos dos sentidos. É por isso que o signo solar faz tanto sucesso comercial, nos horóscopos sejam diários, mensais ou anuais, embora sejam análises genéricas sem nenhum proveito seja na vida profana ou na Senda Espiritual. Depois da meditação sobre o signo lunar e da aplicação dessa meditação na vida, segue-se a necessidade de meditação sobre o simbolismo do signo solar e de todos os aspectos relacionados no mapa astral, para que se coloque a força lunar do ego a serviço do Mestre Interior.

É por simbolizar a personalidade-alma que o planeta regente do ascendente também é considerado o regente geral do mapa, embora a maioria dos astrólogos não saiba dessa razão, eles aceitam por que funciona nas análises práticas. A meditação sobre o signo lunar e sobre o signo solar são pré-requisitos importantes para a meditação sobre o signo ascendente. É por isso que a meditação sobre o simbolismo do planeta regente nos capacita a tomar consciência e manter uma harmonia entre o ser interior e as experiências externas filtradas pelo ego, o que terá um papel fundamental na compreensão da missão de vida e na superação das questões kármicas.

A divisão principal de um mapa astral forma uma cruz, onde o braço direito da cruz, onde começa a casa 1 ( o eu interior) a Luz que vem do Leste, é o ascendente, no outro braço temos o descendente(o eu exterior, o oeste) e a casa 7, a base da cruz temos o Fundo do Céu que representa nossa origem espiritual, de onde viemos, a casa 4 (norte), na ponta da cruz temos o Meio do Céu que representa nossa Missão Espiritual, para onde iremos, a casa 10 (sul), no centro está nossa essência, a Rosa da Alma na Cruz da Vida.

terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Novo Artigo


Vontade e Liderança x Agressão e Vaidade: Marte em Leão.

Confira em Debates Culturais.

sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

O DOM DA VONTADE E A INTELIGÊNCIA RÉGIA: Marte em Leão (17.10.2009 a 07.06.2010)

Marte entrou no signo de Leão no dia 17 de outubro de 2009, e permanecerá até 07 de junho de 2010. Marte demora 2 anos, em média, para completar o zodíaco, e nesse ciclo ele fica retrógrado em um signo, ou seja, ele permanece mais tempo em um signo a cada 2 anos, isso representa que cada um de nós devemos aprender a lidar com a energia de Marte, o Dom da Vontade (A Inteligência Impulsiva), a cada 2 anos em uma área diferente de nossas vidas.

No meu livro Dom, defino esse padrão energético como “A matriz ariana é baseada no recebimento de um impulso energético. O ser quando recebe esse impulso, imediatamente, busca descobrir os seus limites imediatos, desenvolvendo todas as habilidades potenciais que a sua interação com o ambiente e os outros seres lhe permitir. Esse impulso tem relação com nossa Vitalidade e nossa faculdade de Vontade, o que determina nosso potencial de Coragem.

Portanto, tudo que é feito, baseado nesse impulso energético, é da natureza da inteligência ariana ou impulsiva. Assim é que temos, em seu principio mais concentrado, as expressões dessa inteligência nos atletas, militares e todas as atividades físicas” (DOM,p.34).

Mas como é a mistura entre os padrões de Marte com Leão?, em meu livro ainda inédito, O Dom da Vontade esclareço como sendo “Na casa 5 e/ou em Leão, e/ou em ângulo com o Sol, Marte gera um padrão que atua na área de auto-regulação que está diretamente ligada a vitalidade, produzindo, nas pessoas com esse padrão, em alguns um certo poder ou impulso de liderança, em outros um ar de alegria constante ou capacidade cômica, o que está ligado à brincadeira, ao hobby, ao entretenimento, à diversão.É comum encontrarmos pessoas com esse padrão que parecem que não envelhecem, o que gera em alguns um elo muito forte com as crianças. Intuitivamente eu sempre achei que existia algo em comum entre as apresentadoras de TV: Xuxa, Angélica e Eliana, e é verdade, todas têm o padrão semelhante de Marte ligada a vitalidade. Desse padrão está ligada á alegria de viver o que retroalimenta a capacidade de defesa do sistema imunológico, portanto essas pessoas só adoecem quando permitem que a tristeza invada suas vidas.

Representantes desse padrão são: Princesa Isabel; o humorista Chico Anysio; o inesquecível Grande Otelo; o cantor e compositor Gilberto Gil; a apresentadora Xuxa Meneguel; Silvio Santos e Hillary Clinton com Marte em Leão; a campeã de tênis Billie Jean King; a apresentadora Angélica e o cantor e compositor Gabriel, o Pensador, com Marte na casa 5, sendo que o Gabriel tem Marte em Gêmeos, ou seja, ele possui a vitalidade criativa de Marte na casa 5 junto com a capacidade de improvisação e verbalização de Marte em Gêmeos; o jogador de futebol David Beckham; o humorista Jerry Lewis; o apresentador de TV Gugu Liberato e o cantor Jair Rodrigues com Áries na casa 5, a apresentadora Eliana tem além de Áries na casa 5 também o próprio Marte nessa casa, o que reforça sua capacidade de entretenimento e demais qualidades desse padrão; o árbitro de futebol Álvaro Quelhas com Marte na casa 5 e em Leão caracteriza alguém que gosta de atuar numa área de diversão.” (O Dom da Vontade, pag.originais 211, aguardando publicação)

As pessoas ainda vivas citadas acima terão momentos marcantes de suas vidas (a área da vida depende do ascendente), dois exemplos são os apresentadores Gugu Liberato e Eliana que mudaram de emissoras, de local de trabalho, marcando muito suas vidas, suas carreiras. Não sei se eles tiveram ajuda de astrólogos, mas mudanças nesses períodos devem ser concluídas depois do momento retrógrado, pois durante o período que Marte “andará” para trás podem surgir dificuldades imprevisíveis à época do impulso das mudanças.


Marte ficará retrógrado de 21 de dezembro de 2009 até 11 de março de 2010, nesse subperíodo ocorrerá um impulso de arrependimento por ações realizadas no começo do período, também devem ser analisadas com cautela e deixar o subperíodo passar para tomar nova decisão, muitas vezes voltar tem um custo muito maior que seguir em frente, cada caso deve ser analisado diante do seu mapa individual.

Continuando com os exemplos anteriores, Gugu Liberato teve sua mudança de emissora quando Marte passava pela sua casa 8 (dinheiro), mas sobre Urano natal,uma mudança inesperada, só que no final de janeiro de 2010, Marte retrógrado passará novamente nessa posição, e isso poderá gerar uma energia de arrependimento e ele poderá querer voltar ao SBT, pode ser que o contrato o impeça, mas no íntimo poderá está arrependido, o pior é que no início de maio de 2010 haverá nova passagem de Marte sobre esse ponto, dando novo impulso de mudanças, ou seja, em janeiro ele poder sentir arrependimento e começar nova negociação para voltar ao SBT e dependo da disposição das negociações financeiras poderá voltar em maio de 2010, ele pode até nunca levar seu impulso de arrependimento a frente por questões financeiras e contratuais, mas interiormente ele sentirá toda essa inquietação.

Citei esse exemplo só para alertar meus leitores para esse padrão de mudanças, que ocorrem a cada 2 anos em áreas diferentes de nossas vidas, e que devemos ficar atentos para analisarmos nossos impulsos, através de todos os instrumentos que a vida nos oferece para nossas tomadas de decisões, e a Astrologia é o saber singular que apresentar uma leitura personalizada de nossas vidas como nenhum conhecimento humano é capaz.

Confira a influência de Marte em Leão de acordo com seu ascendente: Áries, Touro, Gêmeos, Câncer, Leão, Virgem, Libra, Escorpião, Sagitário, Capricórnio, Aquário e Peixes.

sábado, 24 de outubro de 2009

O Dom da Paciência e a Inteligência Harmônica.

Saturno em Libra (29.10.2009 – 05.10.2012)

Saturno entra no signo de Libra no dia 29 de outubro de 2009, às 12h38 (horário de verão brasileiro) e termina em 05 de outubro de 2012, já estamos sob uma quadratura entre Saturno, chegando em Libra e Plutão, em Capricórnio, indicando uma forte tensão que exigirá muita Paciência, característica do Dom de Capricórnio e seu regente Saturno, e de muita Diplomacia, característica da Inteligência Harmônica de Libra e seu regente Vênus.

Essa tensão já pode ser sentida mundialmente, basta monitorar os movimentos de líderes carismáticos, autoritários e que tentam perpetuarem-se no poder, uma característica dessa tensão entre Plutão e Saturno, não esqueçam que as Torres Gêmeas aconteceram sobre a Tensão Máxima da oposição entre esses dois planetas, quando estavam, Plutão em Sagitário e Saturno, adivinha onde? Em Gêmeos. Quem se interessar pelo tema leia o livro Astrologia e Terrorismo.

Uma agravante que ocorrerá será à entrada de Urano em Áries no dia 12 de março de 2011, dando início a novos e inesperados conflitos que estão sendo criados e geridos nesses últimos anos, principalmente depois do 11 de setembro.

O mapa da entrada de Saturno indica o exercício do poder, principalmente através de líderes centralizadores e autoritários, com forte sotaque militarista, e pela luta intestinal e nos bastidores do meio político, forças retrogradas estarão se digladiando com as forças progressistas, é preciso que o coletivo esteja atento e responda com o fortalecimento da democracia.

Individualmente a ação de Saturno em Libra dependerá do seu signo ascendente, que você pode acompanhar nos links abaixo, mas de maneira geral haverá uma busca de equilíbrio, porém é preciso diplomacia, caso contrário as tensões provocadas por Plutão, que geralmente são inconscientes e abruptas, provocarão separações, algumas permanentes e sem volta.

Confira o seu ascendente: Áries, Touro, Gêmeos, Câncer, Leão, Virgem, Libra, Escorpião, Sagitário, Capricórnio, Aquário e Peixes.

segunda-feira, 7 de setembro de 2009

SETEMBRO: A TORRE DE BABEL

Mercúrio no sistema da Kabbalah é Hod, a reverberação, representando a capacidade do ser humano de de reverberar, de fazer repercutir, de interagir através dos meios de sua expressão.

Assim quando Mercúrio fica retrógrado, na sua marcha aparente para trás, produz uma vibração de retroação, que induz para uma revisão de nossos pensamentos, atos e palavras.
Mercúrio ficou retrógrado de 08 a 31 de maio de 2009, faça um exercício de rever o que ocorreu com você nesses dias, se houve mais atrasos que de costume, e faça um comparativo com os períodos em que Mercúrio não está retrógrado.

Mercúrio fica novamente retrógrado de 07 a 29 de setembro de 2009 e de 27 de dezembro de 2009 a 16 de janeiro de 2010, portanto, esse não é um período para tomadas de decisões, iniciar projetos, ações, processos, adquirir bens que sejam utilizados em interação entre seres humanos, como celulares, televisores, rádios, computadores,etc.

Porém é o melhor momento para revisões, auditorias, encontrar falhas e defeitos, atrasar decisões, consertar aparelhos para interação humana, instalação e atuação de antivírus e demais sistemas de defesa de meios de informação.

As pessoas que possuem Mercúrio retrógrado no mapa de nascimento poderão sentir uma sensação maior, ou terão maiores impactos em seus atrasos e problemas de comunicação. Encontrei indícios de quem tem esse padrão no mapa natal acaba desenvolvendo o vício de fumar, talvez devido à tensão relacionada ao elemento ar e utilize o ato de fumar como escape por não saber lidar com entraves de Mercúrio retrógrado. Também é indicativo de necessidades especiais nos órgãos de percepção, como fala, ouvido e visão. É exatamente esse o simbolismo do período, ficamos cegos, surdos e mudos uns com outros ou uma torre de babel onde ninguém se entende, porque cada um fica restrito ao seu próprio entendimento, que no momento está deficitário.


Essa Torre de Babel poderá até ser causa ou causadora de algum evento importante no dia 18 de setembro, quando ocorrerá a Lua Nova, quando Sol, Lua, Mercúrio e Saturno estarão conjuntos e em oposição a Urano. Esse padrão pode representar uma união de forças retrógradas (ortodoxas/velha ideologia) contra algum projeto ou medida de forças que querem implantar o novo. Isso não quer dizer que o novo sempre esteja correto. Esse simbolismo está correspondendo ao conflito, no Brasil, entre governo e o movimento de agronegócios, onde o governo estuda medidas de alteração nos índices de produtividade dos produtores com ameaça de desapropriação. Pela conjuntura das forças astrológicas o governo tende a perder essa quebra de braço e vai retroceder de sua tentativa, muito embora possa tentar novamente ou algo semelhante ou novo embate com as mesmas forças entre 03 de fevereiro de 2010 com ápices em 27 de abril de 2010 e 27 de julho de 2010 com final em 04 de outubro de 2010, o que nos leva a conjuntura política das eleições presidenciais no Brasil, que merece um outro artigo.

Confira o reflexo desse padrão de energia de acordo com seu ascendente: Áries, Touro, Gêmeos, Câncer, Leão, Virgem, Libra, Escorpião, Sagitário, Capricórnio, Aquário, Peixes.
Veja também artigo sobre o assunto em http://www.debatesculturais.com.br/

sexta-feira, 4 de setembro de 2009

Artigos Inéditos


O Astrólogo estréia como colunista do site debates culturais, com artigo inédito: Para que serve a astrologia?. Confira em http://www.debatesculturais.com.br/?p=1764

sexta-feira, 24 de julho de 2009

O OLHAR - Parte 2

Vamos aprofundar um pouco mais sobre o Olhar do ponto de vista astrológico. Assim os 12 grandes arquétipos zodiacais são divididos em 3 grupos de 4, formando 3 cruzes: a cruz cardinal, a cruz fixa e a cruz mutável.

A Cruz Cardinal é formada pelo signos Áries-Libra, que forma um eixo Fogo-Ar, e por Câncer-Capricórnio, que forma o eixo Água-Terra.

A Cruz Cardinal delineia um padrão de olhar que se caracteriza pela percepção de que tudo precisa começar a ser feito. Assim desse ângulo de olhar não importa tanto os idealismos aéreos e as demoras emocionais para se realizar algo, tem que agir e pronto, pois a ação indicará o ponto de chegada e quais as emoções a serem sentidas através do próprio ato de agir.

Porém cada cardinal começa do seu jeito, de acordo com seu padrão energético Elemental. Na percepção do cardinal de fogo, ascendente em Áries, o importante é jogar toda energia no primeiro momento, na sua perspectiva é melhor correr o risco de ganhar a guerra de primeira do que não ter outra oportunidade.

Diferentemente inicia o Cardinal do Ar, ascendente em Libra, que considera o melhor momento para agir, sua diplomacia é estratégia disfarçada, quando sentir que tudo está em harmonia ele considera que esse é o momento de agir.

Já a maneira de iniciar ações do Cardinal de Água, ascendente em Câncer, é sempre através de um impulso emocional, se está emocionalmente frágil ficará imóvel, na defensiva, sentido o ambiente e as pessoas ao redor, até sentir-se seguro para agir.

A ação do Cardinal de Terra, ascendente Capricórnio, é mais lenta, mas é mais certeira e eficaz, sempre espera que os outros ajam primeiro, pois assim saberá os pontos fracos e fortes, dosando sua ação de acordo com a situação que se apresenta.

Compreender, interiorizar e equilibrar as energias de cada eixo e da cruz cardinal no seu mapa e na sua vida, fará com que você desenvolva qualidades potenciais que você nem suspeitava possuir e fará de você uma pessoa que sabe agir no mundo.

Independente do seu signo ascendente todos temos cada um desses signos em determinada casa de nosso mapa, e você poderá aprender com cada um desses olhares, desenvolvendo a paz de espírito e poder de compreender melhor os outros e a si mesmo. Se todas as pessoas desenvolvessem a arte de saber olhar as situações sob diversos ângulos, principalmente sob o ângulo do outro com que se relacionam, a maioria dos conflitos não nasceriam e teríamos uma civilização mais avançada e mais evoluída.

segunda-feira, 13 de julho de 2009

O OLHAR - Parte 1

Uma frase muito conhecida diz "Os olhos são as portas da alma”. Literalmente ela está correta. Ao conjugar conhecimentos de iridologia e astrologia, talvez isso seja mais fácil de visualizar. Mas restringirei a uma análise astrológica para ser mais didático.

Na verdade cada olho é como um lado do mapa astral, partindo do pressuposto de que o ascendente delineia um astrotipo específico de ser humano que formata-se com outros padrões do mapa de nascimento, o olho é na verdade receptor e transmissor de padrões arquetípicos.

Como tal sua recepção e transmissão seguem padrões estabelecidos pelo seu mapa de nascimento, assim o olhar de um ascendente Ariano é completamente diferente do olhar do ascendente Taurino, cada ascendente percebe e envia padrões arquetípicos distintos para um mesmo evento.

É assim que numa família, o filho Guerreiro, ascendente em Áries, verá o pai sob o filtro de Capricórnio, em sua percepção os aspectos de Capricórnio e Saturno do pai se destacam, e ele percebe nuanças da personalidade do pai que ninguém mais percebe. Da mesma forma a filha de ascendente Libra verá o pai sob o filtro de Câncer, e perceberá o lado canceriano e da lua do pai que ninguém mais vê. Assim para o filho o pai é uma pessoa séria, sisuda que só pensa em trabalho, enquanto a filha o vê como um ser sensível que de tanta sensibilidade fecha-se e protege-se através de sua pseudo sisudez, mas o pai, um ascendente em sagitário não se vê nem de uma forma e nem de outra, na verdade ele não é nem um e nem outro, e é ao mesmo tempo ambas, ou seja, ele é momento onda, momento partícula, é a ondícula da física quântica.

O Ser Quântico, o Ser Integral é exatamente isso, a junção, a união das percepções que todos, inclusive o próprio Ser tem de si mesmo, e numa escala maior esse é o princípio ontológico da concepção de Deus.

Deus é exatamente a percepção que todos os seres do Universo têm Dele, e Ele de si próprio, assim Deus é a união do Deus da minha compreensão com o Deus da sua compreensão e do Deus da compreensão de todos, até dos que negam sua existência, pois não conseguem concebê-lo.

Ao Olhar para um outro Ser, nunca esqueça que você está contemplando o próprio Deus manifesto, limitado pelo olhar que ele faz da concepção de Deus e limitado pela sua percepção enquanto quem olha.

O Olhar é portanto a porta de entrada e de saída para a Alma e para a compressão de Si mesmo e de Deus, e a astrologia é arte-ciência que estuda a oftalmologia da alma.

Confira o Olhar do seu ascendente:
Áries, Touro, Gêmeos, Câncer, Leão, Virgem, Libra, Escorpião, Sagitário, Capricórnio, Aquário e Peixes.

quinta-feira, 18 de junho de 2009

2012: O MAPA DO COMEÇO DO FIM

Segunda-feira dia 15 de junho no programa Superpop da RedeTV foi transmitido um debate sobre 2012, participaram um cético, um pastor evangélico, um esotérico, um escritor dos maias e uma astrológa. O programa destacava que a astrológa explicaria o mapa do momento das mudanças, porém sua análise foi muito genérica e deu margem para o cético fazer críticas contundentes, ou seja, pela análise apresentada e pelos argumentos dos que defendiam os acontecimentos do calendário maia, nada de concreto foi apresentado, não dá pra discordar do cético. Para subsidiar os astrólogos e esotéricos eis a descrição da intepretação do Mapa do Evento previsto no calendário maia, publicado no meu livro em 2008:
"O ascendente estará em Virgem (...) Júpiter estará próximo ao meio do céu, embora muito se propague que esse planeta é o mais benéfico, não é bem assim, tudo tem o seu lado negativo, seria benéfico se a Humanidade tivesse resolvido seguir um ougtro caminho, agora o simbolismo de Júpiter, que significa abundância, poderá significar abundância de fatores negativos, como ele estará entrando em oposição a Mercúrio e a Vênus, isso significará que todos procurarão se comuncicar ao mesmo tempo, mas não conseguirão, esse será um dos principais sistemas a entrar em colapso devido as forças magnéticas que estarão atuando.
O Sol e Plutão estarão em Capricórnio na casa 4, das estruturas, isso quer dizer que serão profundamente abaladas, tanto as estruturas físicas, mentais, familiares, sociais e civilizatórias. Marte também estará em capricórnio, mas na casa 5, isso quer dizer inércia, muitos ficarão sem ação, principalmente quem não foi precavido, como o simbolismo de Saturno sugere.
Saturno estará em Escorpião na casa 2, isso quer dizer que o sistema econômico e tudo que o sustenta ruirá, indica escassez de recursos energéticos e de sobrevivência. os nódulos lunares estarão no eixo Touro - Escorpião, juntamente com Saturno, esses símbolos indicam valores materiais versus valores espirituais, e a sociedade escolheu o materialismodesenfreado.
Netuno, regente dos mares e das águas estará em zero grau em Peixes, seu próprio signo, estará forte, na casa 6, embora o signo esteja na casa 7, isso indica que o mar será o que mais as pessoas irão ver, e seus principais temores imaginários materializar-se-ão, a impressão é como se fosse uma cena de cinema e todos estamos entrando na tela subitamente.
Urano e a Lua estarão em Áries, Urano na casa 7 e a Lua na casa 8, Áries é o Deus da Guerra, e a casa 8, a da morte e transformação. A morte chegará de surpresa, inesperadamente, a emoção mais sentida será desespero, angústia e a sensação de morte iminente. A presença de Urano nessa área indica que o eletromagnetismo fará tudo que é elétrico e eletrônico entrar em colapso.
(...) Eu estava aqui pensando no mapa astral de amanhã, do evento. Sabe a beleza da astrologia e de seu sincronismo com tudo o que acontece no universo, é tão...tão indescritível, que eu fico pensando se um dia toda a Humanidade chegasse a poder entender a astrologia com profundidade e aplicá-la em suas vidas, entrar em sintonia com o universo, acho que seria um paraíso, porque acho impossível alguém aproximar-se tanto da sabedoria divina e pensar em fazer o mal ao próximo, sabe. Numa sociedade onde só o amor e o estudo fosse o centro da vida, não haveria as mazelas que essa Humanidade criou." (O Astrólogo,2008,pag.33-34)

quarta-feira, 17 de junho de 2009

Numenum e Fenomenum

Indagações teosóficas a partir da Teoria de Cantor...
Pois é, criamos os números a partir do Nada Absoluto...
O número não tem existência física, ele é relação de quantidade, medida, etc
Entretanto, O nada asboluto está contido em cada número...
Mais difícil ainda, entender que o infinito está contido em cada número...
Mas,... cada número está contido no Nada Absoluto?
Como é difícil termos essa responsabilidade de ESTARMOS contidos no nada, estarmos contidos no infinito, estarmos contidos EM DEUS.
Estamos contidos no VAZIO... E O que é, este vazio?
Fico me questionando, filosoficamente: Numenum e Fenomenum, não são Verso e Universo em relação?
Nós só podemos ter compreensão do que é o numenum, quando este É relação...
Então, somos todos nós assim, os seres humanos..
O homem só pode ter uma pequena compreensão do que ele mesmo É, através de sua RELAÇÃO consigo, com o Outro, com Deus, com o mundo e com o ser aí das coisas.
O homem só pode ter compreensão de si, quando admite ser esse ser aí, posto no mundo... em relação com o que se manifesta...E como Deus se manifesta?
Estudemos os fenômenos dos astros... e nossa relação com Ele...
Ter compreensão do que se manifesta através do UNO + Verso, não é nada fácil...
Ter também compreensão de que se É Único e posto aqui neste mundo, cheio de Versos, para construir o UNO-verso de si, deveria ser missão de cada ser humano...
Espero que os astros me revelem mais e mais poesia em seus Versos...
Obrigada pelo Post...
Abraços Eliane

Eliane Felipini
Uma (R)Evolucionária Diplomata

terça-feira, 16 de junho de 2009

O ELO PERDIDO (Parte 2)

“Que a Força esteja com Você.”


A classificação do nível de “força” do aspecto é muito simples de ser entendida. Imagine-se puxando um peso através de uma corda, agora imagine tendo que puxar duas cordas, você é o mesmo e numa situação ideal sua força é a mesma, porém dividida, quanto mais dividida vai sendo sua força menor vai sendo sua ação sobre cada uma das cordas.

Da mesma forma acontece no Universo, pense em Deus, a força suprema universal, tendo que puxar apenas o continumm como uma unidade, sua força potencial é enorme, temos a conjunção, quando Deus começa o processo de manifestar sua Presença, Ele tira do Eterno, de Si mesmo, o passado e o futuro ao mesmo tempo, causando a tensão da oposição, tensão essa que só é resolvida com a manifestação do presente e a harmonia do Trígono. Daí em diante, estabelecida as leis universais, o continuum tem vida própria, ele se dividirá ad eternum e ad infinitum sempre retornando ao Eterno em espirais de evolução.

As quatro primeiras angulações são fortes de acordo com suas características, não como costumamos mensurar em mais forte que o outro, assim a conjunção tem força potencial, somos instigados, inspirados e energizados a manifestarmos alguma coisa, mas nós podemos decidir que não vamos utilizar esse potencial.

Na oposição é diferente, somos tensionados a tomarmos uma posição, nem que seja a de omissão, mas você estará se omitindo não mais só de você mesmo, mas de forças externas também. No trígono a situação se resolveu, nem que não tenha sido a melhor solução, mas você já não sente pressão interna ou externa, você pode aproveitar para prevenir e se fortalecer para futuras tensões ou simplesmente relaxar.

Na quadratura se você fez tudo, de acordo com a maré, o pior que pode acontecer é alguém se aborrecer, por ver você no olho do furacão conseguir manter a calma e escolher a melhor saída, caso contrário a situação se complica de vez, seja por conseqüência de suas omissões ou do relaxamento em resolver a situação. Na quadratura há uma manifestação objetiva de toda a situação.

Os outros dois grupos de aspectos segundo a classificação de força são os moderados e fracos, a lógica é a mesma, dentro de cada grupo eles possuem um mesmo potencial, diferenciando-se nas reações provocadas no ambiente e nos receptores de suas energias, porém, fortes, moderados e fracos formam um conjunto indissociável, são momentos distintos da manifestação de uma mesma força, essa divisão é apenas didática.

Superando crises internas e externas.


Uma das principais vantagens do estudo e uso da Astrologia, como meio ou instrumento de compreensão de si mesmo, em nossa busca de evolução, é a Esperança, a Confiança que se resumem no sentido de Entusiasmo, como “pleno de Deus”, ou seja, a Astrologia permite que confirmemos o que nossa intuição nos aponta, que o Universo tem Ordem, direção e sentido.

A Astrologia, portanto, como conhecimento decifrador dos códigos de Ordem do Universo nos apresenta uma lógica da qual podemos inferir dois pontos fundamentais para o enfrentamento de qualquer crise:

1. Toda crise é uma tensão energética.
2. Toda tensão, como todo aspecto, é passageiro.

Diante desse quadro, dessa perspectiva, podemos elaborar a melhor estratégia para enfrentarmos e inclusive sairmos melhor do que entramos na crise. Os passos básicos que devemos tomar para enfrentarmos crises internas e externas, simultâneas ou individualmente são:

1. Recupere o sentido do seu Elo Perdido: entre em sintonia consigo mesmo, com a Terra e com o Universo (Deus).
2. Siga o ritmo da sintonia: utilize a força das tensões para criar eventos que eliminam entraves na sua vida individual e, no que couber, nos ambientes coletivos de sua atuação.
3. Evolua com a mudança: crises são agentes energéticos de mudanças, nossa postura diante dos eventos mutacionais é que determinam se elas serão prejudiciais ou benéficas para nós.


Como complemento desses passos básicos, o mapa astral pessoal lhe permitirá compreender melhor as tensões do seu padrão natal, de como as progressões estão atuando sobre essas tensões e na formação de novas tensões, bem como os trânsitos atuam sobre todos esses padrões. A compreensão desse conjunto de fatores lhe dará amplo domínio sobre as características e padrões de suas crises pessoais/internas, permitindo gerar estabilidade suficiente para enfrentar as crises externas/coletivas, inclusive descobrindo qual o seu padrão de reação e de ajuda que pode oferecer para o melhor aproveitamento coletivo desses momentos energéticos.

segunda-feira, 15 de junho de 2009

O ELO PERDIDO (Parte 1)

Seguindo a trilha que um velho adágio nos deixou, de que o Ser Humano é o reflexo do Universo, ou seja, “ O que está em cima é semelhante ao que está embaixo”, vamos refletir sobre as origens energéticas das tensões e crises, tanto coletivas, quanto individualmente em cada Ser, para que, compreendendo-as, possamos, instigados por esses conflitos energéticos, superá-los e encontrar saídas e soluções criativas e evolutivas, diante desses desafios.

A Astrologia baseia seus estudos numa observação simples: existe um elo entre Gaia, o Ser e Deus.

Observe a figura abaixo:



A figura nos mostra a semelhança entre o nome de Deus em hebraico e a estrutura do corpo humano, será mera coincidência?

Na Cabala o nome de Deus tem um valor numérico: Yod (10) + He (5) + Vav (6) + He (5) = 26.


Há um segredo na Cabala, onde o Nome de Deus pode ser resumido numa única letra, confirmando o adágio: “Ele é o alfa e ômega, o princípio e o Fim.” A letra alfa do alfabeto hebraico é o Alef, seu valor é 1, mas observe o segredo de como todos os números nascem do 1, assim como tudo nasce de Deus:



O Alef é formado por dois Yod’s, um em cima e outro embaixo, e um Vav inclinado, logo: Yod (10) + Vav (6) + Yod (10) = 26.

Temos então a sentença cabalística que Alef = Deus = YHVH = 26 = 2+ 6 = 8

Agora vamos descobrir o elo entre Deus e o Ser Humano, observe:

Mãe em hebraico é EM, Alef (1) + Mem (40) = 41 = 5.

Pai em hebraico é AB(V), Alef (1) + Bet/Vet (2) = 3

Pai (3) + Mãe (5) = 8 = 26 = Deus= Masculino + Feminino.

Portanto Deus = Ser Humano, vamos descobrir agora a ponta final desse elo.

O núcleo da Terra é formado por um mar de magma, e nele flutua um enorme cristal de ferro “octaédrico” , mas não é apenas essa a coincidência com o 8 divino, o Ferro tem número atômico 26. Logo, a Terra, Gaia = 26 = Ser= Deus.

Depois dessa introdução cabalística, vamos adentrar na relação entre o Alef e a Astrologia.

O estudo específico da relação energética entre Gaia, o Ser e Deus, na astrologia, representada pelos arquétipos planetários e dos signos, chama-se aspectologia ou a geometria astrológica das relações energéticas do Ser, vejamos os conceitos dos aspectos principais.


A Conjunção: o ponto.

Para entendermos um pouco o potencial da força da conjunção vamos ter que entrar numa área da matemática que poucos leitores talvez tenham visto, tentarei ser o mais simples possível. O Dr.Georg Cantor (1845-1918), alemão com provável descendência judaica, descobriu e nomeou o conjunto dos números transfinitos א (alef), isso mesmo, a primeira letra do alfabeto hebraico, o Alef na Cabala é o símbolo de Deus e sua infinitude, caracterizada pelo Ain Sof, o Nada Absoluto. Mas o que nos interessa é a figura que se forma a partir dos cálculos do Alef.

Como podemos observar na figura 1, a seguir, o Alef é o ponto que se expande ao infinito, esse é o potencial da conjunção, e por isso é o aspecto de maior força e de maior influência astrológica. Dele deriva todos os outros aspectos, como toda a criação deriva do criador.


Alef. O Ponto: a conjunção.


A Oposição: a reta.


Na astrologia cabalística a oposição significa que Deus está dividido, não em dois, mas em três pontos, cria-se então uma tensão, pois os dois Alefs opostos querem voltar à unidade, essa tensão ocorre em toda à Natureza em torno dos graus 170 - 180 – 190, com tensão sempre maior quanto mais se aproxima dos 180 graus e menor quanto mais se afasta.


A Oposição: a Reta.


O Trígono: o triângulo.


No Trígono, três Alefs giram em harmonia ao redor dele mesmo. O passado, o presente e o futuro giram entorno do Eterno, nessa configuração o ângulo é de 120 graus. Essa harmonia ocorre em toda à Natureza em torno dos graus 110 - 120 – 130, com harmonia sempre maior quanto mais se aproxima dos 120 graus e menor quanto mais se afasta. Quando três planetas ou elementos do mapa estão em trígono entre si forma-se o Grande Trígono.



O Trígono


A Quadradutura: o quadrado.



Na Quadratura, quatro Alefs buscam voltar a unidade, mas são impedidos por eles mesmos, um dos Alefs está sempre produzindo um excesso seja no passado, no presente ou no futuro. Quando eles entram em angulação exata criam uma estrutura pois todos estão em 90 graus consigo mesmos, com o Eterno ou através Dele. Por criarem uma estrutura, com mensuração maior no plano físico que as demais configurações, esta é considerada a mais tensa.Essa tensão ocorre em toda à Natureza em torno dos graus 80 - 90 – 100, com tensão sempre maior quanto mais se aproxima dos 90 graus e menor quanto mais se afasta. Quando quatro planetas ou elementos do mapa estão em quadratura entre si forma-se a Grande Cruz ou Grande Quadratura.


A Quadratura

domingo, 31 de maio de 2009

LUNAÇÃO MAIO DE 2009

Lua Nova: 24 de maio de 2009, 09h12. 04 graus em Gêmeos.

Da mesma forma que na Lunação de abril a energia está concentrada em dois padrões, um com 30% sob a energia de Urano/Netuno, que estão em recepção mútua, ou seja, trocam energia instantaneamente, mas que terão força reduzida, diminuindo os eventos ligados à relação água/ar, como no caso dos problemas com aviões e navios das lunações anteriores, mas que continuarão aparecendo, juntamente com um outro fator advindo da conjunção Júpiter/Netuno, que é a Gripe Influenza A, as influências e atuações dessa gripe vai até 2010, Júpiter fica retrogrado dia 17 de junho e pode significar 2 situações: se houver combate e prevenção, pode diminuir os casos, se não houver esse trabalho de vigilância sem baixar a guarda, ele pode retornar com mais força ainda, uma data perigosa é em torno do dia 21 de dezembro de 2009, quando Marte fica retrógrado em oposição a uma nova conjunção de Júpiter/Netuno, outra data com alta tensão energética é na última semana de maio e primeira semana de junho de 2010 quando Marte passa pelos graus da primeira conjunção Júpiter /Netuno que desencadeou a doença em 2009 .

O Dispositor Final da energia dessa Lunação é Marte em Áries, que recebe 70% da energia dos outros planetas. Sendo assim as energias da Lunação estão distribuídas em quatro áreas, casa 10 (posição e casa regida por Marte ), e casa 11 (conjunção da lua nova), casa 8 (conjunção Júpiter/Netuno) e casa 9 (Regida por Netuno e presença de Urano), teremos então os assuntos dessas casas dinamizados: Confrontos bélicos (Marte em Áries na casa 10), Nova pauta em debate na sociedade e nos grupos de poder (casa 11), luta pelo poder e através do poder plutônico (energética [energia atômica,pretolífera,etc casa 8 - ), grande repercussão mundial desses fatos (casa 9), conjuntura que classifica bem a ameaça da movimentação da Coréia do Norte, pode ser que nada aconteça de concreto, mas uma semente está sendo lançada e uma nova conjuntura política mundial pode está sendo gestada nessa Lua nova.

Na conjuntura brasileira representa um novo embate entre governo (casa 10) com grupos políticos de oposição (casa 11 – Urano), que utilizarão a CPI da Petrobrás (casa 8).A Palavra chave dessa Lunação é RESOLUÇÃO DE CONFLITOS.

Plutão retrógrado em Capricórnio passando energia para Saturno, também retrógrado, Virgem continua confirmando punições de pais/tutores (Saturno) que abusaram/agrediram (Plutão) seus filhos/crianças/inocentes (Virgem).

Lua Cheia: 07 de junho de 2009, 15h13. 18 graus em Sagitário/Gêmeos.

Aqui o padrão muda em relação a lua nova , teremos 40% da energia com Urano/Netuno, 60% com Vênus em Touro e não mais com o deus da Guerra Marte. Como a Lua Cheia cai na casa 2, isso pode indicar que uma das primeiras conseqüências do conflito da Coréia seja retaliações e movimentos internacionais que repercutirão na economia, nem que seja somente um bloqueio ao país ou pressão internacional para uma resposta da Rússia e da China que são apoiadores do regime da Coréia. Na conjuntura brasileira pode representar que a CPI da Petrobrás cause prejuízos financeiros para a empresa e para o país, com certeza com lucros não sairão.
Confira o reflexo dessa energia no seu ascendente: Áries, Touro, Gêmeos, Câncer, Leão, Virgem, Libra, Escorpião, Sagitário, Capricórnio, Aquário e Peixes.

terça-feira, 19 de maio de 2009

O CONTRATO ESPIRITUAL

O Ser Humano desenvolveu, através de seu arcabouço psicológico, um modus operandi de conseguir alcançar, seu objetivo maior nesse plano, evoluir espiritualmente. É uma espécie de acordo, um compromisso consigo mesmo, uma meta a ser alcançada.

Dessa intuição de alcançar suas metas de evolução pessoal, de conseguir cumprir sua Missão de Vida, nasceram os diversos tipos de acordos e contratos, desde um simples acordo verbal, passando pelos acordos escritos e elaborados coletivamente como as Constituições dos países até acordos implícitos e não verbais como o Contrato Social onde o cidadão aceita as normas da vida em sociedade e delega seus poderes a um ser coletivo, o Estado.

Porém todo esse conjunto de compromissos, acordos e contratos são apenas um esforço de replicar nesse plano um compromisso muito maior, mais pleno e universal: O Contrato Espiritual.

É provável que seja necessário escrever um livro para explicitar e aprofundar como ocorre todo o processo de formação desse contrato, mas tentarei resumir da forma mais didática possível.

Quando estamos na preparação para reencarnar toda a conjuntura da última vida e do processo de evolução pessoal nos é mostrado, e dependendo do grau de evolução temos um percentual de escolha diante de algumas opções para melhor evoluirmos, estabelecidos os padrões obrigatórios e os opcionais é firmado um acordo, é a partir dessa programação que se define a melhor época e momento para renascer, pois esse acordo estará escrito: é o seu mapa astral.

segunda-feira, 27 de abril de 2009

LUNAÇÃO ABRIL 2009

Lua Nova: 25 de abril de 2009, 00h24. 06 graus em Touro.

Diferentemente das Lunações anteriores a energia está concentrada em dois padrões, um com 30% sob a energia de Urano/Netuno, que estão em recepção mútua, ou seja, trocam energia instantaneamente, mas que terão força reduzida, diminuindo os eventos ligados à relação água/ar, como no caso dos problemas com aviões e navios das lunações anteriores. O Dispositor Final da energia dessa Lunação é Marte em Áries, que recebe 70% da energia dos outros planetas. Sendo assim as energias da Lunação estão distribuídas em três áreas, casa 2 (presença de Marte), casa 3 (regida por Áries) e casa 4 (conjunção da lua nova com a cúspide da casa), teremos então os assuntos dessas casas dinamizados: assuntos financeiros, comunicação, lar/família/posses.

A lua nova acontecendo em Touro próximo a cúspide da casa 4 indica que o assunto da casa própria lançado pelo governo brasileiro receberá energia de impulso, bem como o elo com Marte também indica conflitos por disputas de terras, como é o caso das invasões do MST, esses dois assuntos ocuparão a mídia durante a lunação. Outros dois assuntos que estarão na mídia serão as áreas de saúde e emprego, a gripe suína é um exemplo, quanto ao trabalho a tendência é o início de uma certa estabilidade nas taxas de desemprego com movimento crescente, mas lento de retomada dos empregos, principalmente a partir da segunda quinzena de maio.

Plutão retrógrado em Capricórnio passando energia para Saturno, também retrógrado, Virgem continua confirmando punições de pais/tutores (Saturno) que abusaram/agrediram (Plutão) seus filhos/crianças/inocentes (Virgem).

Como alertei na lunação passada, sob a influência de Plutão em Capricórnio está ligada a fatos como a reestrutura interna do Senado brasileiro , continua nessa lunação porque o regente da casa 10 é Escorpião/Plutão com a Lua Nova oposta, indicando que vem mais coisa dos bastidores.

A presença de Urano na casa 2 (bens materiais) da lunação pode indicar um alerta para aqueles que estão correndo atrás de empréstimos para a compra da casa própria, a maioria não tem condições objetivas de pagar esses empréstimos, não esqueçamos que foi assim que os Estados Unidos entraram na atual crise, mas o importante é que Urano rege os altos e baixos, portanto, só arrisque quem realmente está, hoje, em condições futuras de pagar, quem não estiver é melhor esperar mais um pouco.

Lua Cheia: 09 de maio de 2009, 01h03. 19 graus em Escorpião/Touro.

Aqui o padrão muda em relação a lua nova , teremos 30% da energia com Urano/Netuno, 30% com Marte e 40% com mercúrio retrógrado em Gêmeos na casa 4, indicando que as comunicações estarão embaraçadas e serão o ponto focal dessa lua cheia. Um dos focos dessa confusão serão sobre dinheiro, bens materiais, isso pode representar que o programa do governo sobre financiamento da casa própria sofrerá ataques, seja por falta de agilidade no atendimento pelo acesso de demanda concentrada, seja por forças de oposição que alimentarão a fogueira para atrapalhar o governo.

No aspecto pessoal que fiquem todos alertas para não serem vítimas de estelionato, furtos, desvios, esquecimento, falta de atenção em questões que envolvam dinheiro, eis alguns exemplos que já observei sobre configuração semelhante:

1.A pessoa vai fazer um depósito num caixa rápido e coloca mais dinheiro dentro do envelope do que escreveu.

2.A pessoa tinha que fazer um depósito urgente e colocou em conta corrente quando deveria ser poupança e só dias depois soube que o depósito não ocorreu.
3.A pessoa estava esperando uma certa quantia cair na sua conta e o banco no final de semana descontou várias taxas e/ou dívidas pendentes.
4.A pessoa precisou usar o cartão do banco para saque e o cartão acabara de vencer.
Passa e/ou recebe troco errado, passa e/ou recebe dinheiro falso.

Lua Cheia de 11 de novembro de 2009. 16h15. 11 graus em Touro/Escorpião .

O que acontecer nesse período poderá ser um macro modelo do que aconteceu na lua cheia de maio de 2009. O foco será nas questões da casa 7, ou seja, nos relacionamentos, 70% da energia da lua cheia estará nessa área, indicando que as repercussões acontecerão diretamente ou indiretamente nos relacionamentos e parcerias, nos casos de finanças serão os parceiros e/ou sócios que acabarão tendo que arcar com os prejuízos financeiros de seus parceiros, portanto, não fiquem só alerta quanto a vocês mas também aos parceiros e sócios nas questões de comunicação/finanças na lua cheia de maio.

Confira o reflexo dessa energia no seu ascendente: Áries, Touro, Gêmeos, Câncer, Leão, Virgem, Libra, Escorpião, Sagitário, Capricórnio, Aquário e Peixes.

quinta-feira, 23 de abril de 2009

NAMASTÊ : O DEUS DO MEU, DO SEU, DO NOSSO CORAÇÃO !

Os Hinduísta costumam cumprimentar seu próximo com a afirmação “Namastê” que significa literalmente “O Deus que habita em mim saúda o Deus que habita em você.”, na prática é uma saudação de irmandade como acontece em todas as religiões e ordens esotéricas, como entre os cristãos católicos, evangélicos, maçons e martinistas que chamam-se de irmãos ou entre os rosacruzes que chamam-se de frater ou sóror, que são simplesmente irmão e irmã em latim, com a finalidade de que compreendamos que todos temos uma mesma origem divina, mesmo que os mais fanáticos queiram se diferenciar, excluindo de sua irmandade aqueles que não a frequentam ou praticam.

Mas há um significado mais profundo que só é atingível pela interiorização e prática de seu verdadeiro significado. Quando conscientemente afirmo Namastê estou dizendo: “Que a luz divina que habita em mim ilumine seus caminhos e que a luz divina que habita em ti ilumine meus caminhos”, ou seja, que ao trocar energia contigo, ao dialogar contigo, tu sejas o meu mestre, o meu inspirador e me ilumine em meus pensamentos, palavras e ações obscuras, assim como espero poder iluminar teus pensamentos, palavras e ações obscuras que vierem de ti.

Essa prática de religiosidade e espiritualidade será à base da religião do futuro, uma religião sem templos de pedras, mas de templos de coração, uma religião sem líderes e liderados, fanatizadores e fanáticos, mas de líderes de si mesmos, uma religião que nem precisará ser chamada de religião, pois não haverá nada mais a religar, nasceremos ligados a espiritualidade da vida.

Uma religião que não precisará rotular seu deus de banqueiro que pede teu dinheiro, ou de general que pede para você ser soldado fanático do senhor dos exércitos, ou de corretor de imóveis do qual você precisa comprar seu terreno num elitizado céu hipotético ou para não ter que viver numa favela de um inferno também hipotético.

Uma religião onde Deus, não seja rebaixado em sua Onipotência pelo pseudo poderoso demônio; onde Deus não seja rebaixado em sua Onisciência por qualquer teólogo ou líder religioso que impõe sua visão de mundo, que exige, manipula e induz que sua percepção é a única correta e que o próprio Criador não pode desobedecer às leis dogmáticas de sua teologia humana; onde Deus não seja rebaixado de sua Onipresença, pela desesperança dos pobres e oprimidos, pelo desânimo do justo, pela tristeza dos inocentes, todas provocadas pela ignorância dos intelectuais, pela maldade dos perversos, pela ganância dos poderosos. Aos pobres, oprimidos, justos e inocentes, eu reacendo suas lembranças e aos ignorantes, perversos e gananciosos eu advirto que Deus está presente e atento a emissão de cada pensamento, palavra e ação, e as leis universais automaticamente darão a cada um segundo seu quinhão de responsabilidade na caótica situação em que estamos.

Enfim, a religião do futuro será uma religião onde Deus não estará no dinheiro, na fama ou no poder, não estará aqui e nem no além, mas sim em cada coração, será o Deus do meu, do seu, do nosso Coração! Namastê !

quinta-feira, 9 de abril de 2009

PREVISÕES MENSAIS: ABRIL 2009 - PARTE 2

11.Marte em conjunção (zero grau) a Urano – Dia 12 a 19.

O Guerreiro e o Revolucionário (A Ação Imprevisível ou A Guerra Inesperada):
Do dia 12 até o dia 19, com ápice no dia 15, cada pessoa sentirá um certo impacto desses dois arquétipos. Aqueles que não conseguirem equilibrar esses padrões sentir-se-ão “Descontrolados”, com os nervos á flor da pele, pois sua incontrolável (Urano) energia (Marte) o fez tomar atitudes impensadas. Aqueles que conseguirem harmonização com o padrão sentir-se-ão “Rápidos”, pois sentirão que a rapidez de suas ações (Marte) vem de uma intuição relampejante (Urano). A lição do padrão é a capacidade de direcionar sua energia mesmo diante do imprevisível, sem desperdícios e sem conseqüências negativas. Esse padrão é um dos responsáveis pelo terremoto na Itália, dias 6 e 7, portanto poderá representar terremotos na sua vida, ou repercussões do terremoto, para quem foi atingido direta ou indiretamente.

12.Sol em sextil (60 graus) a Netuno – Dia 12 a 18

O Rei e o Sonhador (A Autoridade Simbólica): Do dia 12 até o dia 18, com ápice no dia 15, cada pessoa sentirá o impacto desses dois arquétipos. Aqueles que não conseguirem equilibrar esses padrões sentir-se-ão “Ludibriados”, seduzidos pelo canto da sereia de seus próprios desejos, pois seu ego (Sol) o fez acreditar em sonhos impossíveis (Netuno). Aqueles que conseguirem harmonização com o padrão sentir-se-ão “Videntes”, pois sentirão que seus sonhos (Netuno) podem ser realizados se seguirem seu verdadeiro Eu Interior (Sol). A lição do padrão é a capacidade de enxergar no nevoeiro, seguindo mais sua intuição do que seus sentidos objetivos.


13. Vênus em movimento direto em Peixes – Dia 17.

A Harmonia e o Sonho (O Amor Simbólico ):
Dia 17 Vênus volta a ter movimento direto, isso se fará sentir numa melhor harmonia. Aqui vale a interpretação do evento nº 10, com o diferencial que a tendência das situações terminarem mais harmoniosas, é como se novas oportunidades de resolver as coisas sejam dadas.

14. Lua conjunto (zero grau) ao Nodo lunar norte – Dia 18.

A Emoção e o Carma :
Nesse dia cada pessoa sentirá, de forma diferenciada e personalizada, certo impacto desses dois arquétipos. Aqueles que não conseguirem equilibrar esses padrões sentir-se-ão “Perdidos”, pois não conseguiram encontrar (Mercúrio) o caminho (Nodo lunar) que sente que devem seguir. Aqueles que conseguirem harmonização com o padrão sentir-se-ão “Ligados”, pois sentirão que perceberam que estão no caminho certo, na trilha certa. A lição do padrão é a capacidade de conectar sua intuição para encontrar as pedras que demarcam o caminho que vem de outras vidas e que precisam seguir, decisões importantes tomadas nesses dias, me geral, tem produção cármica/dármica.

15. Mercúrio em trígono (120 graus) a Saturno – Dia 16 a 20

O Comunicador e o Mestre (A Mente Realista):
Do dia 16 até o dia 20, com ápice no dia 18, cada pessoa sentirá, de forma diferenciada e personalizada, um impulso desses dois arquétipos. Aqueles que não conseguirem equilibrar esses padrões sentir-se-ão “Bloqueados”, pois não conseguiram acessar (Mercúrio) o âmago (Saturno) das situações. Aqueles que conseguirem harmonização com o padrão sentir-se-ão “Concentrados”, pois sentirão que conseguiram alcançar a profundidade necessária (Saturno) em suas reflexões (Mercúrio). A lição do padrão é a capacidade do uso da mente de forma focada, prática, sistemática no aprofundamento de questões capitais.

16. Sol entra no signo de Touro – Dia 19.

O Rei e o Inflexível (A Autoridade Sensorial):
A partir do dia 19 até o final do mês, cada pessoa sentirá, de forma diferenciada e personalizada, um impulso desses dois arquétipos, que caracteriza uma mudança no padrão do fluxo do padrão magnético da energia solar, alterando o ritmo de determinadas situações e eventos. Aqueles que não conseguirem equilibrar esses padrões sentir-se-ão “Rígidos”, pois não conseguiram concretizar (Touro) em ações seus pensamentos, idéias e planos (Mercúrio). Aqueles que conseguirem harmonização com o padrão sentir-se-ão “Objetivos”, pois sentirão que foram suficientemente persistentes em seus projetos. A lição do padrão é a capacidade de manifestação no plano físico de idéias e pensamentos abstratos que só existiam no plano etéreo da formação energética.

17. Vênus em conjunção (zero grau) a Marte – Dia 18 a 27.

A Harmonia e o Guerreiro (A Vontade Harmoniosa):
Do dia 18 até o dia 27, com ápice no dia 22, cada pessoa sentirá, de forma diferenciada e personalizada, um impulso desses dois arquétipos. Aqueles que não conseguirem equilibrar esses padrões sentir-se-ão “Insatisfeitos”, pois não conseguiram harmonizar-se (Vênus) com seu impulso de realização (Marte) das situações. Aqueles que conseguirem harmonização com o padrão sentir-se-ão “Conquistadores”, pois sentirão que conseguiram alcançar uma harmonia (Vênus) em suas ações e realizações (Marte). A lição do padrão é a capacidade do uso da força da ação com habilidade harmoniosa, de equilíbrio, como no uso moderado da força.

18. Sol em trígono (120 graus) a Plutão – Dia 20 a 26.

O Rei e o Poder (A Autoridade Energética):
Do dia 20 até o dia 26, com ápice no dia 23, cada pessoa sentirá, de forma diferenciada e personalizada, um impulso desses dois arquétipos. Aqueles que não conseguirem equilibrar esses padrões sentir-se-ão “Obcecados”, pois não conseguiram convencer ninguém (Plutão) de que possuem alguma autoridade (Sol), suas ações são vazias, apenas retórica. Aqueles que conseguirem harmonização com o padrão sentir-se-ão “Poderosos”, pois sentirão que conseguiram demonstrar sua autoridade natural (Sol) através de ações com profundo significado (Plutão). A lição do padrão é a capacidade do uso do poder através da autoridade, constituída ou natural, de forma a cumprir o papel que todos esperam da energia coletiva por trás de todo poder.

19.Mercúrio em quadratura (90 graus) a Júpiter – Dia 20 a 25.

O Comunicador e o Filósofo (A Mente Expansiva):
Do dia 20 até o dia 25, com ápice no dia 23, cada pessoa sentirá, de forma diferenciada e personalizada, um impulso desses dois arquétipos. Aqueles que não conseguirem equilibrar esses padrões sentir-se-ão “acomodados”, pois não conseguiram expandir (Júpiter) suas idéias (Mercúrio) além de sua própria mente. Aqueles que conseguirem harmonização com o padrão sentir-se-ão “Prestigiados”, pois sentirão que conseguiram que suas idéias (Mercúrio) não só sejam ouvidas, mas colocadas em prática, ampliando sua própria atuação na vida (Júpiter). A lição do padrão é a capacidade do uso da comunicação como instrumento de ampliação do saber.


20. Vênus entra no signo de Áries – Dia 25.

A Harmonia e o Guerreiro (A Harmonia Dinâmica):
No dia 25, cada pessoa sentirá, de forma diferenciada e personalizada, um impulso desses dois arquétipos. Muito semelhante ao evento nº 17, o diferencial está na mudança do fluxo do padrão energético de Vênus, o que modifica o modo como trabalhamos nosso equilíbrio interno de emoções, com reflexos em nossa harmonia ambiental e relacional, e também modifica nossas reações ao sentido de segurança, de sobrevivência, tornando-nos mais velozes em nossas reações, exigindo maior grau de vigilância em nossos pensamentos, palavras e atos.
Confira as Previsões Mensais, de acordo com seu ascendente: Áries, Touro, Gêmeos, Câncer, Leão, Virgem, Libra, Escorpião, Sagitário, Capricórnio, Aquário, Peixes.