De Olho

O Astrólogo NO MUNDO.

Free counters!

sexta-feira, 21 de novembro de 2008

A CHAVE E A PORTA.



Chaves são senhas de acesso, através delas podemos abrir portas para novos níveis de compreensão. As chaves são elementos que sintetizam em alguns números, palavras ou símbolos, todo um conjunto de princípios ou leis universais e arquetípicas. Em todos os meus livros há no mínimo uma chave, aqueles que encontrarem com certeza abrirão novas portas de acesso a conhecimentos que podem modificar sua percepção da vida e da sua participação nela.
vejamos um exemplo:
"Existe uma figura que sintetiza todo o simbolismo de todos os ângulos, embora visualmente não se percebam todos. O “S” indica o Hemisfério Superior , indicando que a mente consciente deve expressar a superioridade do espírito, enquanto “I” indica o Hemisfério Inferior, Incógnito, ele representa que o espírito está sempre presente, embora não perceptível por todos. O triângulo superior indica a força do trígono crescente que impulsiona a evolução, enquanto o triângulo invertido indica a energia do trígono decrescente em manifestar o espírito na matéria. O quadrado que os encerra indica a Grande Quadratura e dentro dela a Grande Cruz da oposição, no centro o Alef, O Eterno, a conjunção. Todos os aspectos e ângulos derivam dessa figura chave." (DOM, pag.226)

terça-feira, 18 de novembro de 2008

LUNAÇÃO: NOVEMBRO 2008

 

A partir dessa lunação de novembro de 2008, apresentarei  mensalmente , minha percepção do significado  da lunação de maneira geral, nesse blog e a percepção para cada ascendente em seus respectivos blogs.

Toda Lua Nova é uma semente,  que tem dois momentos de maturação e colheita, uma imediatamente na lua cheia subseqüente,  onde um fato concreto proporcional  e relacionado ao seu impulso da lua nova, outra  na sétima lua cheia subseqüente, onde um fato concreto de maiores proporções relacionados ao impulso da lua nova acontecerá.

Deixar passar uma lua nova ou lua cheia sem meditar e procurar captar sua energia, é deixar a vida passar sem aproveitar o que a natureza e o seu próprio padrão de destino têm para você.

Uma observação  importante é que os fatos não necessariamente precisam acontecer na hora exata da lunação, na hora exata é o ponto de maior energia, nos 3 dias e meio que vão se aproximando da lunação as condições de nascimento do evento estão se formando e ganhando força e nos 3 dias e meio posteriores perdem a energia de efeito imediato, e nem sempre são concretos, eles podem acontecer em três níveis distintos ou simultâneos: físico, psíquico ou social.

 Lua Nova: 27 de novembro de 2008, 13h56.

Essa Lua Nova  trás, ao mesmo tempo, uma atmosfera de reflexão e de ação, pense, mas pense em você primeiro, reflita, mas torne essa reflexão uma ação.

Lua Cheia: 12 de dezembro de 2008, 13h38.

Toda Lua Cheia é uma prestação de contas, uma conseqüência do que fizemos ou deixamos de fazer com a energia impulsiva da lua nova, assim se você não refletiu sobre sua vida, ou refletiu mais não tomou nenhuma atitude, na lua cheia você sentirá a sensação que deixou de fazer alguma coisa, um certo vazio, algo se perdeu, o tempo certo passou. Mas se você deu vazão ao seu impulso, refletiu e agiu baseado nessa reflexão, na lua cheia, algo acontecerá de concreto como fruto parcial dessa reflexão.

Confira o reflexo dessa energia no seu ascendente: Áries, Touro, Gêmeos, Câncer, Leão, Virgem, Libra, Escorpião, Sagitário, Capricórnio, AquárioPeixes.

 

quarta-feira, 12 de novembro de 2008

ATENÇÃO: RESERVA DE VAGAS - PALESTRA


Para aqueles que poderão participar das palestras dias 29 e 30 de novembro na LBV, atenção para a reserva de vagas.

Acessem o link: PALESTRA

para conferir programação oficial e telefones para as reservas.

um abraço.

sexta-feira, 7 de novembro de 2008

OBAMA: FUSÃO E CONFUSÃO.


A eleição de Obama ocorreu no dia 4 de novembro de 2008, na exata oposição de Urano em Peixes com Saturno em Virgem, um dia antes, foi anunciada a fusão dos bancos Itaú e Unibanco, no Brasil, 5 dias antes ocorreu um terremoto no Paquistão com 160 mortos e 120 mil desabrigados. Como eu relatei no livro DOM, o dia 4 de novembro de 2008 seria o 6º de 7 sinais que antecederiam ao auge da crise em 2010, e esse sinal estaria relacionado com eventos naturais e/ou financeiros.

Esses sinais que antecedem os auges têm uma natureza essencial de gestação, por isso cada sinal ou evento pode manifestar-se com uma intensidade que será ampliada no auge ou simplesmente não se perceberá nada na superfície (física ou social) que indique uma situação de perigo, aliás muitas vezes dá a sensação do contrário. É o que ocorre com a eleição de Obama e com a fusão dos bancos brasileiros.

A confusão ocorre devido a própria miopia de alguns, e de deliberada ação de outros, em sair lucrando de alguma forma. Na mídia são ouvidos, especialistas de todas as áreas, como se fossem verdadeiros adivinhos, e erram grosseiramente, enquanto aqueles que são considerados adivinhos, como os astrólogos, mesmo acertando em cheio, não têm espaço midiático.

Obama na presidência será excelente para a democracia mundial, mas a ampliação dos democratas no Congresso Americano, provavelmente não. Se os democratas agirem como agiram na crise de 1929, fortalecendo o protecionismo, a crise que se desenha para 2010 vai superar a Grande Depressão. Foi antevendo um cenário sombrio que o Itaú e o Unibanco resolveram fechar negócio, que aparentemente parece uma ação de fortalecimento, mas no fundo é uma ação de temor pelo que vem por aí.

Estejamos atentos, portanto, em como os eventos próximo ao 4 de novembro, fazem parte de outros eventos que relatei, e já aconteceram, no DOM, e os que vão acontecer, próximos aos dias 5 de fevereiro e 15 de setembro de 2009, e principalmente ao auge de 2010.

OBS: CONFIRAM AS PERSPECTIVAS PARA CADA ASCENDENTE NOS LINKS DOS BLOGS AO LADO.

quinta-feira, 6 de novembro de 2008

INFERNO ASTRAL MUNDIAL (PARTE 2)

PLUTÃO EM CAPRICÓRNIO: 2008-2024

Mas vamos voltar a nossa questão cronológica, se dividirmos o ano de 365 dias por 7 teremos arredendando 52 dias, portanto, os 52 dias antes do seu aniversário é o seu sabbat, o seu momento de pausa, o seu momento de refletir sobre o seu ano, sobre sua vida. Essa lógica também se aplica quando multiplicamos 7 x 7 e obtemos 49, um grande sabbat, por isso que dos 49 aos 56 todos somos impelidos a rever toda nossa trajetória de vida, e geralmente são anos difíceis, em sua maioria por causa de conceitos equivocados como "inferno astral" , dentro desse conceito quem suportaria viver 7 anos colhendo dissabores? Porém os que se limitam a esses conceitos e paradigmas demasiadamente fundamentalistas, sem uma verdadeira espiritualidade, tendem a ver materializar-se durante esses anos seus piores temores. Se mudarem o conceito e reconfigurarem seus esquemas mentais, minimizarão o impacto da colheita dos erros e perceberão e aproveitarão muito mais a colheira dos acertos.

Saindo do microcosmo pessoal e indo ao macrocosmo planetário, podemos calcular o ano de Gaia, nosso planeta, em termos planetários cada Era Astrológica é como um ano de vida, assim dividindo o tempo solar de uma Era, 2.152 por 7 teremos arredondadamente 307 anos, o cálculo mais coerente para a entrada mais aproximada da era de Aquário é 2.137, subtaindo 307, temos 1830, ou seja, desde 1830 que começou o sabbat da Terra, exatamente quando o planeta precisava renovar suas forças foi quando mais o ser humano começou a degradar o meio ambiente e entrar numa corrida desenfreada de consumismo sem fim, sem ritmo, anti-natural, anti-ecológica.

Plutão é o deus do Hades, o inferno, mas no sentido grego, um local ou momento de avaliação, na Cabala é o planeta que representa a força do espírito santo, e estará passando por Capricórnio de 2008 até 2024, na última passagem de 1762 à 1779 provocou a queda do Estado Absolutista, como foi a Revolução Francesa, entre 1929 e 1930, apesar de não está em Capricórnio, fez vários aspectos com Urano, Saturno, Júpiter e Marte, o que influenciou a queda da bolsa de Nova York, em 2010, aspectos muitos semelhantes vão se repetir e com agravante da passagem de Plutão por Capricórnio, as datas de maiores impacatos serão 22 de maio (19h15), 30 de julho (17h22) e 21 de agosto (13h), todas de 2010, horário de New Yprk. Num futuro artigo poderemos aprofundar maiores detalhes da passagem de Plutão em capricórnio e as profundas mudanças que ocorrerão entre 2008 e 2024.

O importante a interiorizar e refletir é o quê o universo está pedindo para que cada um de nós faça, tomar consciência, postura e atitudes ecologicamente corretas que pssam influenciar na reversão do que está aí. (publicado em março/2007, na revista do Iate Clube de Fortaleza,pag.16-17)

INFERNO ASTRAL MUNDIAL (PARTE 1)

PLUTÃO EM CAPRICÓRNIO: 2008 - 2024

O termo inferno astral popularizou-se e hoje é utilizado e relativamente compreendido por boa parte da população. De maneira geral representa um período próximo a data de aniversário, de uma pessoa, de uma empresa, de um país, onde tudo costuma dar errado. O termo "inferno" astral não é muito feliz, porque traz apenas um dos aspectos a ser analisado, o negativo, esse período representa o Princípio de Ritmo, onde "Tudo tem fluxo e refluxo; tudo tem suas marés; tudo sobe e desce; tudo se manifesta por oscilações compensadas; a medida do movimento à direita é a medida do movimento à esquerda; o ritmo é a compensação." (O Cabalion)

Portanto o termo mais adequado para representar o período de recomeçar, é a pausa, porém na mentalidade ocidental pausa é confundida com preguiça, perda de tempo, perda de dinheiro, afinal negócio quer dizer negar o ócio, já na mentalidade oriental o ócio é sagrado, sacerdócio, representa o respeito ao ritmo de tudo, ritmo da natureza, ritmo das pessoas, embora na literatura religiosa do ocidente (que nasceu e foi escrita no oriente), também está escrito "Debaixo do céu há momento para tudo, e tempo para cada coisa; Tempo ppara nascer e tempo para morrer (...) Tempo para procurar e tempo para perder" (Eclesiaste 3:1), então, talvez o termo ideal seja "Avaliação Astral" ou auto-avaliação.

Perceba a importância dessa mudança de conceito, quando se diz inferno astral está se pressupondo que somente fizemos coisas erradas e que esse período será de castigo, por isso, inferno, o que raramente é verdade. Mais próximo da vida real é que tenhamos cometidos bons e maus atos. Compreendido o conceito vamos entender como se calcula o período de tempo correto de auto-avaliação, devemos pegar o período em alusão e dividi-lo por 7, isso mesmo o sagrado número sete, "No sétimo dia, Deus terminou todo o seu trabalho; e no sétimo dia, ele descansou de todo o seu trabalho" (Gênesis 2:2). É daí que nasce o sabbat dos judeus, e por quê sabbat? Porque domingo é o primeiro dia, e sábado o sétimo, regido por Saturno, regente de Capricórnio. Saturno é o senhor do tempo, e aqueles que vivem correndo, querendo controlar o tempo (sobre)vivem estressados e acabam perdendo o tempo que pensaram que estavam ganhando.

Na antiga Grécia os rituais em homenagem a Saturno chamavam-se Saturnálias, que originaram o nosso carnaval. "Tradicionalmente durante a Saturnália não só o escravo e senhor ficavam à mesma altura, como também o senhor servia o escravo. Os escravos recebiam ostatus de senhor, e podiam dizer ou fazer o que desejassem (...) O populacho perambulava pelas ruas, festivo e despreocupado, as leis contra o jogo e os dados eram ignorados e todos usavam roupas solta e festivas, pondo de lado a toga formal." (Saturno em trãnsito,p.25) O que representa o carnaval?Em uma de suas representações o carnaval representa um omento de pausa, no ritmo estressante do cotidiano, um momento de sermos mais tolerantes, deixar a vida correr um pouco mais solta, mais leve. O que acontece no período do carnaval, no Brasil, é que uns correm para refúgios para espiar seus pecados ou meditar e outros que não têm ou não se preocupam com isso, correm para a folia, porém todos com o mesmo intuito, se livrarem de algo que os incomodam, a ditadura do tempo sem pausa, um sentido natural de ritmo que o ser humano andou perdendo. (publicado em março/2007, na revista do Iate Clube de Fortaleza,pag.16-17)